Chegamos à conclusão de que a nota de nossa autoavaliação, numa escala de 0 a 10, é 9. Merecemos essa nota, uma vez que, apesar de termos nos esforçado ao máximo para que o nosso projeto ficasse impecável, nao conseguimos realmente chegar no final do projeto(testá-lo em um rato).

 
NOSSOS EMAILS PARA CONTATO são:

ANA ISABELLE —>  anacampos_92@hotmail.com

BERNARDO BARROSO —> bernardocbarroso@yahoo.com.br

FERNANDO MARQUEZ —> fernando260@msn.com

RAFAEL MOTA —> ramosaba@hotmail.com

Anúncios

Considerações Finais

julho 7, 2008

Chegamos ao final de nosso primeiro projeto como futuros engenheiros!Depois de todas as dificuldades enfrentadas o grupo conseguiu superá-las e realizar o trabalho. É claro que nos podemos melhorar muito no sentido de fazer um projeto mais especializado . O grupo está de parabéns, principalmente pelo esforço e pela dedicação de todos. Agradecemos aos professores que nos ajudaram a escolher um tema  para nossa pesquisa. Agora já temos conhecimentos que não tínhamos antes. Percebemos, por exemplo, que apesar dos  quatro meses para realizar o projeto, esse tempo é muito pouco, ainda mais que temos outras matérias para nos preocuparmos. A decisão imediata das ações é importantíssima para não perder tempo. Outro ponto importante é a necessidade de alguém no grupo que tenha atitudes de líder para conduzir o projeto. Como já tido, o grupo vai tentar apefeiçoar a Ratoeira elétrica fazendo as melhorias necessárias. Mas por enquanto é só.

ATÉ MAIS!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Fotos da Ratoeira

julho 6, 2008

       Fotos da ratoeira elétrica e do protagonista!

Lista dos Materiais

julho 3, 2008

No dia 01 de julho o grupo fez a exposição do projeto do mata ratos…Pra variar tivemos uma pequena dificuldade na hora. A apresentação do power point não pode ser aberta devido a problemas de compatibilidade do windows. Mas enfim, conseguimos apresentar mesmo assim.

Aqui vai a lista dos materiais para construir a ratoeira elétrica e os locais onde os encontramos:

Caixa de madeira : Linea D’oro(fabrica);

Placas de metal: Serralheria Sete de setembro e Siderurgica em Sete Lagoas;

Fios e plug : Loja de material de Construção;

Rato: Mercado Central;

Concluindo o pré-projeto

junho 30, 2008

O grupo está prestes a concluir o projeto. Pedimos desculpas pela demora em atualizar o blog, mas passamos por muitas dificuldades desde o início até o final do trabalho. É logico que toda esse dificuldade provém da nossa inexperiência com projetos. Além disso a ratoeira elétrica necessitava de alguns equipamentos que não tinhamos, e não os conseguimos pois perdemos a data do pedido de materiais. Outro problema que passamos foi na demora em escolher o tema do nosso trabalho.

Começamos com o projeto da água da chuva, depois passamos para o estudo das baterias, decidimos fazer um aparelho para matar pernilongos, e finalmente, fomos para o mata ratos(ou ratoeira elétrica). Enfim com todos esses contra tempos acabou que nos faltou tempo e recursos. Para completar, quando o grupo precisou de uma placa de metal para conduzir a corrente, nos não achamos. Apesar de parecer um material tão simples de arranjar procuramos em muitos lugares como lab. de quimica e física do cefetmg, mercado central, lojas de contrução e de equipamentos elétricos e não encontramos.Finalmente o grupo recorreu a um pai de um dos integrantes que trouxe as placas de Sete Lagoas!

Para concluir, essa é uma de nossas ultimas potagens e lamentamos por não termos tido mais tempo. Mas nos vamos seguir o conselho do professor em continuar o trabalho ao longo do curso para melhorá-lo e aperfeiçoa-lo.

Ratoeira elétrica

junho 4, 2008

O projeto do mata ratos continua em progresso. Mas o grupo perdeu o dia de fazer o pedido ao responsável da compra dos materiais. Por isso optamos por não usar mais o transformador(que seria usado para aumentar a corrente elétrica) e ligar o aparelho diretamente à tomada à tensão de 127V. O projeto vai ficar bem simples: construiremos a caixa de madeira no formato de um paralelepípedo e dentro colocaremos placas de metal para conduzir a corrente. Depois é só colocar um alimento qualquer para atrair o rato e pronto. O problema é que ainda não sabemos como iremos prender o animal dentro da armadilha.

Como a idéia, de modo geral, está muito simples e objetiva o professor disse que era para classificarmos o projeto como um ‘pré-projeto’. Isso significa que ao longo do curso poderemos melhorá-lo e deixá-lo mais interessante. Além disso desistimos de nomear o aparelho como mata ratos. Agora o novo nome é ratoeira elétrica.

VTO

maio 24, 2008

 

  No dia 21 de maio o grupo de VTO realizou a visita na CEMIG, em Contagem. Os alunos foram recebidos pelo engenheiro eletricista Miguel que mostrou algumas instalações da empresa. Dentre as que visitamos destacaram-se os prédios nos quais há a manutenção de transformadores pois o grupo foi para uma área específica na CEMIG.

 Fomos aos setores nos quais os profissionais fazem reparos em falhas que ocorrem nos transformadores. A principal tarefa dos trabalhadores dessa área é fazer a refrigeração, troca de óleo e monitoramento de aparelhos életrico para impedir um sobrecarregamento. Alguns profissionais da empresa têm que realizar testes constantes em óleos que ficam nos transformnadores e garantir total segurança. Eles realizam uma análise que verifica o nível de acetileno e, dependendo do nível dessa substância no óleo, podem ver se o aparelho necessita de conserto. Visitamos também a central que trabalha para segurança dos empregados da CEMIG. Lá os responsáveis desenvolvem equipamentos isolantes, como ferramentas e uniformes especiais. Por coincidência encontramos uma estágiaria que é estudante do CEFET-MG. No decorrer do VTO o engenheiro Miguel nos mostrou algumas inovações da empresa, como o medidor eletrônico. Esse aparelho servirá para que o valor da conta de luz vá direto para a  CEMIG sem a necessidade do técnico ir até sua casa para verificar. Outros projetos que já foram desenvolvidos são: Sinalização aérea e a célula combustível.

 Vimos ainda um caminhão que é utilizado para fazer manutenção dos transformadores. A diferença  dele é que o aparelho não vai até a CEMIG. Ao ínves disso o caminhão já leva as peças necessárias para o conserto até o local onde ocorreu a falha do equipamento. A empresa é a única do Brasil que possui um caminhão desses. Por fim realizamos a entrevista com as perguntas elaboradas durante as aulas de IEE. O grupo aprendeu muito com a visita e pôde ter mais noção sobre o dia-a-dia de um engenheiro.

 

( A execução )

maio 20, 2008

Pretendemos adiquirir uma caixa metalica, isola-lá por fora com algum material como madeira,e dentro dessa caixa haverá regioes com ddp,nas quais o rato pisará e levará choque!Estamos trabalhando idéias para tentar aumentar a corrente do choque(O que mata o rato é a amperagem)! Outro fato que está nos preocupando é fazer o rato entrar na gaiola e nao sair mais.Estamos pensando na hipótese de um indetificador de presença como aqueles presentes na porta de elevador.Assim o rato poderá entrar e nao sairá;

Também colocaremos comida dentro do dispositivo para que o rato seja atraído.

( O mata ratos )

maio 16, 2008

Nesta semana o grupo resolveu fazer um projeto cujo objetivo é construir um dispositivo que atraia ratos e depois os mate com um choque elétrico. Pretendíamos utilizar isso com os mosquitos, mas era muito difícil fazer com que eles encostassem, ao mesmo tempo, em dois fios que pusessem produzir a corrente elétrica para matá-los.

Como estamos muito atrasados, decidimos nos reunirmos em horário diferente do de terça-feira para conseguirmos cumprir com o cronograma feito. Sabemos das dificuldades que esse projeto do mata ratos írá causar, porém não temos mais tempo para pensar em outra coisa. Fizemos a lista dos materiais necessários para a construção da armadilha: tábua de suporte de madeira( servirá como um isolante elétrico para a pessoa que manusear o dispositivo não tome choque ), Mini transformador( para aumentar a intensidade da corrente elétrica ), gaiola de metal ( para prender o rato ) e um detector de movimento ( para ativar a armadilha e impedir que o rato fuja ).

O que mais preocupa o grupo é se vamos conseguir produzir um choque suficientemente forte para matar o animal. Mas estamos tentando mesmo assim.

( Mais problemas )

maio 1, 2008

Parece que nosso grupo ta mesmo sem sorte..ja estamos na quinta semana e ainda nada está definido.O projeto da agua da chuva ja era.E agora, a ideia de analisar o funcionamento de uma bateria está fugindo do objetivo da materia. Estudar as baterias mostrou ser dficil para grupo, ja que seu funcionamento está muito acima do que sabemos.Além disso, nao conseguiriamos encontrar um jeito de melhorar o desempenho dela (como armazenar mais energia dentro da bateria, por exemplo )pois nem cientistas que ja estão há anos empenhados nisso conseguiram.

O jeito, então, é iniciar um novo projeto.Mas como já estamos muito atrasados, essa nova ideia tem que ser o mais rápido possível. O grupo agora está pensando em criar um tipo de dispositivo que mate mosquitos e pernilongos usando corrente elétrica.A ideia é atrai-los para o aparelho e quando eles entrarem vao tomar choque, matando-os.Esse projeto porém ainda não está confirmado, mas temos que resolver logo isso.